Aparências......

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Acho que to virando papagaio de pirata da dechanelnalaje, mas já vou me explicando..... leio coisas lá, que me cativam muito, principalmente por ela ter as idéias muito parecidas com as minhas em muitas coisas (outras nem tanto, como a beleza de uma Birkin ORIGINAL)... aí vou pros comentários, e acabo torrando ela e todas as outras leitoras do blog com uma visão que, é claro, é só minha.... Daí, acho injusto usar o espaço alheio pra me expor totalmente (olha o tamanho do comentário que ficou no post aqui) ainda mais quando tenho o meu espaço, né???

Mas é que o assunto me incomoda muito!!! Ela falou sobre toda a desgraça (sem exageros) que é a tarifação brasileira, sobre os irrisórios salários brasileiros e sobre o lado mais político da coisa..... Como de política e de tributos meu dia a dia já é cheio.... analisei o outro lado: o lado das pessoas que são fúteis demais e compram essas coisas caríssimas, como é o caso dos esmaltes da Chanel.

Aqui no blog mostro minhas maquiagens caras, sim! TODAS, sem exceção, compradas ou encomendadas do exterior (seja este Londres, NY, ou Rivera....), mas mostro maquiagem barata também!!! Monto looks com peças caras sim, mas não tenho esses looks (tenho peças boas e caras, peças boas e baratas e peças porcaria mesmo, que compramos por causa da modinha).

Mas me nego, absolutamente me nego, a deixar de fazer coisas realmente importantes na vida por causa destas futilidades como roupas da moda ou produtos de beleza (eu amo, mas reconheço que não são produtos essenciais, né?).

Como eu falei lá no DCNL, o que me deixa nervosa é o fato de que as pessoas que realmente tem condições de vida razoáveis pra gastar absurdos R$ 92,00 num esmalte, são as pessoas que costumam viajar pro exterior e daí compram lá, por um preço muito mais em conta.... De qualquer forma, essas não me incomodam, pq acho que quem tem dinheiro, ótimo, gaste com o que quiser e se for esmalte que te faz feliz, beleza!!!

O que me esgoela são as pobres (ou pessoas normais), que querem porque querem o status advindo de um esmalte e comem marmita por um mês pra comprar um esmalte de CEM PILA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Novamente, as pessoas de classe média que não tem dinheiro pra comprar esmalte deste preço, ou acham que nenhum esmalte no mundo vale esse valor (Oi, prazer, essa sou eu!) não me incomodam... o que me incomoda são as que se matam pra comprar as porcarias ditadas pela moda.

Me lembro que, há muitos anos, tinha uma amiga cuja condição de vida achava beeem legal, pq na época (e não usem isso pra contar a minha idade, por favor) o pai dela tinha um Monza, último modelo, “com tudo”, e a mãe dela tinha um Escort lançamentão, completinho também.... Eles moravam num prédio razoável, mas daqueles mais antigos que tem apartamento de vários tamanhos, então visto de fora, eu achava que era super grandes, lógico: ela era rica, o pai dela tinha um Monza e a mãe um Escort!!!!!!

Lembro MUITO do dia que entrei na casa dela e vi que além do apartamento dela não ser nada grande, a geladeira tinha perdido a borracha e só ficava fechada pois tinha corda segurando.....

Devia ter uns 13 ou 14 anos na época e fiquei muito chocada e indignada. Naquela altura já podia perceber a bobagem de tu morar precariamente e gastar dinheiro com coisas bestas só pq essas aparecem mais!!! Ninguém via a geladeira dela, mas ela era famosinha no colégio por causa dos carros, que todo mundo via.....

Fico furiosa com pessoas que torram horrores de dinheiro comprando essas maquiagens absurdas (aqui entram calças Diesel, bolsas Chanel, etc, etc, etc...) aqui no Brasil e nunca colocaram o pezinho fora do país. Gastam com coisas que não acrescentam nada na vida e deixam passar ótimas oportunidades de conhecer mil culturas diferentes. E ainda acham que se por acaso viajarem, tem que comprar muitas coisas pra “mostrar” que viajaram, pq afinal, a viagem só vale se as pessoas invejarem as tuas compras, néam?!?!!? (NOT)

Bom, já foram muitos parágrafos e continuo com a mesma indignação do começo, então, como não vão escrever um livro sobre o assunto, paro por aqui...

E vc, o que acha???? De que lado vc está?!?!?!

15 comentários:

Ana Carolina disse...

Bom, vamos lá.
voce me desculpe, mas não tenho como concordar com vc.
sinceramente, não é fácil pra todo mundo, nem com muito esforço, deixar de comprar uma sombra da mac, e bancar uma viagem pro exterior.

outro dia, eu ouvih de um alguem que ouviu de alguem que o pai é rico, e que é plantador de soja, destruidor da amazonia, que ele é rico justamente pq acorda cedo todos os dias, e vai trabalhar.

PERAIH, COMO ASSIM?
seu pai acorda cedo, e vai todos os dias trabalhar por isso ele eh rico? mas me diz q hora ele acorda? pq meu pai acorda as 5 da manhã todos os dias, e poxa, não estamos nem perto de estar ricos, alias nem somos mais da classe media, uma vez que na minha opiniao isso nem existe mais. a classe media, é lenda no Brasil.

Eu tive a oportunidade de ter uma educação diferenciada, por muito, muito sacrificio, ccom muito estudo, e muito esforço, eu sempre estudei nas melhores escolas, sempre fiz aula de ingles, ballet, frances, e sabe como? pq o meu esforço era recompensado e eu ganhei uma bolsa de estudos, e pude me qualificar.. com o tempo, entrei na faculdade federal, e sim, eu sou privilegiada.

mas, pra isso, meus pais se sacrifircaram também, dia após dia, acordando muito cedo, trabalhando de sol a sol, e conseguindo que nós tivessemos uma vida digna.

trabalho pra caramba, e vc me diz, que eu nao posso ter uma calça da diesel? q eu nao posso comprar meu perfume importado? só pq eu nao posso viajar pra fora?

vc está dizendo a um monte de pessoas que elas não podem ter o que elas não podem ter acesso. reveja a sua fala. vc diz que compra suas maquiagens pq pagou barato, pq conseguiu ir para os EUA, etc, mas eu te digo, infelizmente não posso bancar minha viagem ao exterior, mas posso pagar R$ 60,00 num batom da MAC, pq perto dos R$5.000,00 da viagem pro exterior, num valor hipotetico, R$60,00 é troco, e é o que eu posso pagar, pra ter um produto diferenciado, não pra me mostrar, não pra ser mais que ninguem, mas sim, pra ter acesso a um produto de qualidade, que não custa o mesmo de um boticário, mas o valor não eh tão maior assim.

as minhas viagens ao exterior, sim, eu posso esperar pra poder bancaa-las, meus pais acordam cedo pra trabalhar sim, assim como eu, voce, e muita gente que pode ou não ter a sorte de ter uma renda um pouco melhor, ou um acesso a este provilegio, assim como eu, que estava sempre no lugar certo na hora certa e consegui por mim, estudar nas melhores colégios, me qualificar suficientemente pra hoje ganhar razoavelmente bem e poder pagar pelo meu batonzinho mac..

desculpa o texto, mas vc pediu pra comentar, aqui estou!

Caro Giacomet disse...

Oi Ana Carolina,

Primeiro, sim.... acho ótimo comentários, independentemente do teor, claro que eu não espero que todo mundo concorde comigo.... Tu podes ver que eu não tenho muitos comentários e realmente aprecio o envolvimento!

Agora, respondendo.... Não sou alienada e acho que quem trabalha tem dinheiro e quem não tem é por falta de vontade e/ou merecimento... longe disso!!! Acho que tem mil pessoas que se esforçam toda a vida e não conseguem atingir um padrão aceitável de vida, não conseguem sair sequer da linha da miséria... E isso não quer dizer um minuto de trabalho a menos que uma outra pessoa (rica) qualquer.


Claro que tu pode ter uma calça Diesel ou um batom MAC, mas A MIM, parece bobagem gastar com essas coisas com tantas outras a fazer, entende?

Não acho que a qualidade das maquiagens da MAC seja tããão astronômica a ponto de valer o que elas custam, não acho que vale só por ser diferenciado. Meu último batom do Boticário (excelente, por sinal, custou R$ 12,50)

Acho também, que de R$ 60,00 em R$ 60,00 se chega sim aos R$ 5.000,00... Foi assim que consegui tudo o que tenho..... e meus pais antes de mim....

Agora, mais que tudo eu quis questionar - e aí talvez eu não tenha me expressado satisfatoriamente - é a razão pela qual tais investimentos são feitos... Se vai te dar aquele prazer de usar a maquiagem, o esmalte, ou o quer que seja (que eu sei que existe), ou se é só o despertar da inveja alheia... Aí que EU acho que mora o perigo!!

De qualquer forma, agradeço o teu comentário e saiba que eu jamais teria a pretensão de dizer o que tu (e outras pessoas, que não eu mesma) pode ou não fazer!! Cada uma gasta seu dinheiro como quer e pode....

Ah, e claro, não conheço sua família então de forma alguma poderia falar qualquer coisa sobre a quantidade de trabalho do seus pais...

Caro Giacomet disse...

Ah, só mais uma coisa que reli depois.... O começo do teu comentário no DCNL: "se tivesse dinheiro SUFICIENTE de ter uma vida decente, sem dever ninguém, exercendo por completo minha cidadania, e garantindo todos os meus direitos de cidadão e colaborando a contento com o crescimento e desenvolvimento do país, SIM, eu passaria a tarde na Oscar Freire, compraria todas as Birkins que pudesse, e estamparia a minha testa de Chanel.."

É EXATAMENTE isso que eu penso... isso que eu quero dizer com as coisas que vem antes, sabe??? Quis escrever pq concordo muito com o que tu disse lá e ache em essência, pensamos parecido.

Sofia disse...

Oi caro !
Concordo com teu comentario..

Patricia disse...

Oi Caro !!!
Concordo com tuas palavras !!!
De fato eu não pago fortunas por esmaltes, maquiagens ou roupas pq são de determinada marca.
Até posso gastar exageradamente comprando outras coisas que vão durar mais ou justificam seus valores. Gasto sim, pra viver bem e morar bem.. o q eu acho essencial !!
Tbem prefiro economizar um pouquinho por mes e ir viajar.. conhecer lugares novos, culturas diferentes e, ai sim, fazer as ditas comprinhas !!!
é tudo uma questão de prioridade !! Tem gente q prefere um esmalte da Chanel ou um batom da MAC, ainda q custe irrisórios R$ 60,00.. outros preferem aprimorar conhecimentos, adquirir cultura e conhecer lugares novos !!

Caro Giacomet disse...

Oi Patrícia,

Realmente, como eu disse antes, NA MINHA OPINIÃO, tem muuuuuita coisa que vem antes desses luxos, como esmaltes, calças e bolsas... Hj por exemplo, que começou a venda da Chanel na Saks, em quinze minutos não tinha mais uma porção destes it esmaltes (ã???)... ao irrisório precinho de R$ 92,00....

Ainda.... também como eu disse antes, de R$ 60,00 em R$ 60,00, de R$ 92,00 em R$ 92,00 se vai ao longe (literalmente). Além disso ressalto que eu disse bem que algumas das minhas compras são do exterior Rivera, ou seja, nada chique e muito menos caro, néam?!?!?!

Bjs

Ana Carolina disse...

concordo plenamente quando vc diz que de R$60,00 em R$60,00, muitas coisas podem ser feitas, dessa forma comprei meu carro, e continuo investindo em muitas coisas que acho importante, uma pós graduação, uma terceira, quarta lingua, minha viagem ao exterior ainda está em stand by, principalmente também por falta de férias. Não concordo com a Patricia que disse que por eu gastar em uma maquiagem da MAC, eu deixe de me aprimorar e me envolver com cultura, acho, aliás tenho certeza que dá pra fazer as duas coisas... nem de longe sou uma consumista vazia, esbanjadora, e fútil, é fato que, dentre muitos anos, muito tempo, e muitos produtos experimentados, a gente se afeiçoe a um mais caro, e por assim dizer cometer esse pequeno pecado, nos darmos a esse pequeno luxo. Afinal, somos mulheres, e a vaidade pode até ser um pecado, mas é muito importante, e nos leva a um outro lugar também muito importante: auto-estima. Até pq esse pequeno pecado não eh cometido toda semana, e nem é loucura a se cometer em uma estação e no mes seguinte nos faz cometer outra.

Podemos nos dar ao luxo sim, acho até que devemos cometer uma pequena loucurinha uma vez na vida, sei lah, que seja uma vez no mes, mas acho que isso deve ser feito de forma consciente, e principalmente levando em consideração a sua condição, não, não posso me dar ao luxo de viajar ao exterior, mas posso me dar ao luxo de conhecer outros lugares aqui no Brasil, e se isso é possivel, todos devemos faze-lo, aqui no exterior, em qualquer lugar.

eu adoro boticário, mas não sei com voces, mas sou SEMPRE, muito mal atendida... não em uma loja, mas em todas as lojas que eu vou aqui na minha cidade (moro em Cuiabá - MT), e isso faz com que eu nem consiga olhar com bons olhos os produtos da marca. enfim.. soh estou justificando a questão levantada pela Patricia.

Ana Carolina disse...

a quanto a calça da diesel, foi um exemplo baseado no seu, a calça da diesel me deixa com a bunda caída.. e eu nem tenho marca preferida de jeans, a calça que eu mais gosto minha mae me trouxe de um bazar e nem marca ela tem, e custou, pouco mais de R$5,00. é muito dificil achar uma calça que fique realmente boa em mim, e não costumo pagar mais de R$100,00 em uma calça jeans, a menos que ela me deixe assim, MARAVILHOSA, e infelizmente, ou felizmente essa ainda não encontrei, sigo economizando.

dechanelnalaje disse...

Oi, Caro. Tudo bom?
A última parte do seu post fala, de forma indireta, a uma coisa que eu sempre penso, e que também tem relação com o meu post sobre os impostos abusivos. Bom, eu sempre pensei que, se o mercado brasileiro fosse mais aberto e mais competitivo, os brasileiros provavelmente não viajariam sempre para a Europa e para os EUA, onde passam a metade do tempo dentro de lojas e shoppings comprando roupas, eletrônicos, maquiagens, e todas essas coisas que são supercaras no Brasil e que fora estão muito mais "democratizadas". É fato que muitos brasileiros aproveitam as viagens para o exterior para fazer compras, o que significa que não saímos muito do trecho Europa-EUA. Você pode ver que os brasileiros quase nunca viajam para outros países (sem contar talvez a Argentina) fora desse circuito. Acho uma pena que viajar para a maioria dos nossos conterrâneos seja sinônimo de fazer compras. Mas essa também é uma consequência das restriçoes do nosso mercado interno. Nossa, acho que eu me desviei um pouco do assunto, hehehe.
Beijos! :-)

dechanelnalaje disse...

ops: fala DE uma coisa...

Caro Giacomet disse...

Oi Ana Carolina,

Bom, tu pode ver dos meus posts que eu sou super a favor da auto-estima feminina, da compra de produtos que nos façam sentir bem, lindas, etc, etc.... Realmente, só me incomoda o fato de o gasto ser em UMA coisa extremamente cara, sabe?? Acho que com o dinheiro do tal esmalte dá pra fazer um rancho de mercadorias mais baratas, de forma que podemos nos sentir ainda mais bonitas.

Como eu já te disse, entendo que se é questão de auto-estima e prazer, tá valendo, o problema é quando é o fazer inveja que move as pessoas... Mas acho sim que dá pra fazer um pouco de tudo!

Agora, quanto ao Boticário, sério??? Eu moro em Caxias do Sul/RS e só costumo ir numa loja do Boticário, mas sempre fui bem atendida lá... Estranho, né? Não sabia dessa fama das atendentes, não....

Mais uma vez eu lembro que todas as marcas faladas, são só exemplos, né?? Não tenho nada contra MAC, Diesel, Chanel ou qualquer outra marca...

Caro Giacomet disse...

Oi, DeChanel (íntima, né?)

Tava conversando com meu marido ontem e percebi que de repente a questão da viagem ficou muito mais forte do que eu queria.... Acho que eu me empolguei no final do post e esqueci de relativizar....

Dentre TODAS as coisas que eu acho mais importantes do que gastar com um esmalte de ouro... viajar é uma delas.... e na verdade penso em viajar, passear, conhecer, ir a museus, etc, etc, etc e na volta, no freeshop, fazer compras... ahahha

Pq se tu for viajar só pra fazer compras, daí não acrescenta em nada, né?? Não te muda, tu continua sendo aquela que só quer impressionar com coisas de marca, mas só tá pagando um pouco mais barato....

Minha prima chama EUA e Europa de circuito Esteé Lauder... e se nega a ir pra esses lugares!!!

No carnaval fui pra Buenos Aires... fiquei chocada com a quantidade de homem adulto se matando por uma pólo da Lacoste... Com tanta coisa legal pra fazer....

Nem 8, nem 80, né??? ahaha

Dá dó, viu... Dá dó do povo.... Daí que eu penso... como queremos romper com o sistema do jeito que ele está, se somos seus principais fomentadores?!?!!?!?!

Anyway.... A gente sempre divaga quando começa escrever sobre um assunto que se tem muito a dizer, né??

Bjs, e obrigada pelo comentário!!!

Anônimo disse...

Quer a opniao de quem ja foi pobre, classe media, classe media alta e milionaria?!

Como eu nao sei se sim ou nao... vou responder assim mesmo ta?!

Foi de R$60 em R$60 que deixei de ser pobre e hoje sou rica, por que acredito que a gente tem que viver de acordo com a nossas financas e pronto, se eu for pobre e "viver" como classe media nunca vou sair da pobreza, vou viver endividada ou/e sem dinheiro pro necessario e isso nao vai me levar pra frente.

Sou completamente contra esse consumo imediato, custa pegar os R$ 60 e investir na educacao para poder gastar mais do que isso no futuro? custa esperar?

Passei a minha adolescencia "passando vontade", as minhas amigas que ganhavam muito menos do que eu gastavam muito mais e sempre jogavam piadinha para mim, do tipo "Se vc nao tiver isso eh sinal de que vc eh pobre". Quantas vezes ouvimos as pessoas(a maioria pobre) falarem "isso eh coisa de pobre"?
Agora virou pecado ser pobre?

Sempre achei que nao era sabio da minha parte gastar com itens de luxo enquanto nao tivesse casa propria e concluido os meus estudos, e nao eh que eu estava certa?! hoje eu posso pagar R$ 60 por um batom sem que isso sequer faca diferenca no orcamento do DIA.

Atualmente, as mesmas amigas que gastavam os tubos estao na mesma, enquanto eu estou muuuito melhor. Entendo que ninguem quer aparentar pobreza num pais em ateh as vendedoras te maltratam por achar que vc eh pobre, mas o jeito eh ignorar e lutar para mudar. E eh sim de R$60 em R$60 que se faz uma milionaria.

Resumindo, concordo com o que vc escreveu.

bj

Anônimo disse...

Ah! acabei de falar que o esmalte da Chanel custa R$ 92 para uma amiga que eh namorada de um BILIONARIO ingles e ela achou que eh um absurdo.

Caro Giacomet disse...

Oi Anônimo (pena não se identificar....)

Como é lógico, concordo muito com o que tu disse... penso que a gente tem que viver sempre um pouco abaixo das nossas condições, pra usar o que sobra pra sempre construir o próximo degrau....

Sempre agi desta forma e minha família também.... não podemos nos queixar dos resultados!!!

e convenhamos, né, o esmalte é só um pequeno exemplo... tem as roupas, as bolsas, os carros, e por aí vai...

Ah, e na dúvida sobre comentar ou não: SEMPRE comente!!! A-D-O-R-O receber comentários, concordando com o que eu escrevi ou não....

bj

Postar um comentário